VARA DE MANOBRA SECCIONÁVEIS, TELESCÓPICAS E BASTÕES DE ATERRAMENTO.

A vara de manobra seccionável é fornecida normalmente com cabeçote universal, que (além de ser adequado ao uso de ferramentas para manobra de chaves corta-circuito em carga) permite o acoplamento de cabeçotes de manobra e uma série de ferramentas universais, especialmente desenvolvidas para as mais diversas aplicações, tais como:

  • manobra de chave-faca;

  • manobra de chave-fusível;

  • retirada e colocação de cartucho porta-fusível;

  • manuseio do detector de tensão;

  • instalação e retirada de conjuntos de aterramentos temporário e grampos de linha viva;

  • instalação de “linha de vida”;

  • poda de árvores;

  • limpeza de redes;

  • troca de lâmpadas, etc

A vara de manobra seccionável é construída com tubo RITZGLAS®.


Para facilitar o seu manuseio, acondicionamento e transporte, ela é composta por elementos padronizados, seccionáveis, intercambiáveis e acopláveis através de encaixe com travamento por pino de engate rápido.
O seu comprimento total adequado a cada tensão de serviço é obtido a partir da quantidade de seus elementos, que podem variar de 1 a 5.


São duas versões em função do diâmetro:

  • Normal, com elementos punho e intermediário de Ø 38 mm e o elemento ponta de Ø 32 mm.
     

  • Leve, com elementos punho e intermediário de Ø 32 mm e o elemento ponta de Ø 25 mm.

ELEMENTOS DA VARA DE MANOBRA

VARA DE MANOBRA SECCIONÁVEIS

Para maior segurança operacional, obedecer as distâncias mínimas de acordo com a tabela OSHA.

ACONDICIONAMENTO

A sacola é confeccionada com: reforço nas bordas e extremidades; divisões internas adequadas ao acondicionamento dos elementos da vara de manobra seccionável; alça para transporte e bolsa adicional para o cabeçote de manobra.

Essa sacola deverá ser solicitada à parte, uma vez que seu fornecimento é opcional.

Padrões de cores desejados pelo cliente poderão ser fornecidos, desde que previamente acordado por ocasião da consulta.

ACONDICIONAMENTO

VARA DE MANOBRA TELESCÓPICA

As VTT-1/2 a VTT-1/9 poderão ser fornecidas, com graduações métricas, tornando a vara de manobra telescópica uma ferramenta para medições de espaçamentos verticais.

As marcações numéricas são gravadas de 10 em 10 cm e as intermediárias a cada centímetro. Para realizar a leitura basta apoiar a vara no solo em posição vertical e na medida em que os elementos são deslocados, o operador tem acesso à leitura em seu alcance visual.

Para aquisição dessa ferramenta basta incluir o sufixo “M” na referência do modelo da vara telescópica.

Ex.: VTT-1/7M (com comprimento 9,180 ± 0,01 m).

O sistema modular da vara VTT permite que seja utilizado somente o número de seções requeridas para cada serviço. Ao pressionar os botões de travamento, as seções inferiores desnecessárias são liberadas e removidas, tornando a vara telescópica mais leve e confortável para a execução das tarefas.

Qualquer uma das seções poderá ser fornecida separadamente em caso de necessidade de substituição.

CABEÇOTES PARA MANOBRA

Cabeçote para Grampos de Aterramento

Os cabeçotes para grampos de aterramento são construídos em alumínio e possuem sistema de encaixe universal, adaptáveis às varas de manobras. São utilizados para operação dos grampos de aterramento através do travamento com parafuso olhal.

• VMR02579-1
Sistema de travamento através de semi-esfera com pressão regulável. Peso aprox.: 0,19 kg (0,42 lb)

• VMR07205-1

Possui haste de aço galvanizado que permite o alinhamento e fixação automática do grampo através de efeito mola.

Peso aprox.: 0,25 kg (0,55 lb)

• RM4455-29B

O travamento e liberação do grampo é executado através de um movimento de torção. Permite a articulação do grampo, facilitando a sua operação em ângulos.

Peso aprox.: 0,31 kg (0,68 lb)

Cabeçote para Manobra com Sistema Anti-queda

Esses cabeçotes são utilizados para manobra de chave, instalação e retirada de cartuchos porta-fusíveis sem perigo de sua queda acidental.

Possui dispositivo automático de trava de segurança (anti-queda), com o objetivo de garantir a segurança do eletricista.

• FLV11554-1

Corpo principal em aço galvanizado à quente, trava de segurança e cabeçote universal em liga de bronze.

Peso aprox.: 0,34 kg (0,75 lb)

• FLV13872-1

Corpo principal em aço revestido com plástico e trava de segurança. Cabeçote universal em liga de bronze.

Peso aprox.: 0,30 kg (0,66 lb)

Cabeçote para Manobra de Chave Fusível

Cabeçotes padronizados, com encaixe universal, adaptáveis às varas de manobras.

• VMR16483-1

Cabeçote inclinado em alumínio, com haste para manobra de chaves corta-circuito e encaixe para a lingueta do cartucho porta fusível.

Peso aprox.: 0,25 kg (0,55 lb)

• VMR00884-1

Cabeçote de aço inox, com haste para manobra de chaves corta-circuito e encaixe para a lingueta do cartucho porta fusível.

Peso aprox.: 0,29 kg (0,64 lb)

• VMR08974-1
Cabeçote de bronze com haste para manobra de chaves corta-circuito. Peso aprox.: 0,11 kg (0,24 lb)

• VMR01479-2
Cabeçote desconector de chave liga de cobre. Peso aprox.: 0,18 kg (0,40 lb)

• VMR11560-1
Cabeçote desconector de chave em aço inox. Peso aprox.: 0,13 kg (0,29 lb)

GRAMPO DE LINHA VIVA

• FLV19192-1
Capacidade de condução de corrente: - 230 A

Utilizado principalmente para conexão de transformadores às redes de média tensão, com ou sem o uso de conector tipo estribo.

DIFERENCIAIS

  • Carcaça e mordente fabricados em alumínio fundido e apenas o conector e parafuso olhal fabricado em bronze fundido, reduzindo significativamente seu peso;
     

  • Encaixe para bastão de manobra, que evita qualquer movimento do grampo durante a elevação e instalação;
     

  • Sistema de pressão no mordente que facilita a fixação do grampo ao condutor para o posicionamento seguro do Bastão de Manobra, torção do grampo e conclusão da instalação;
     

  • Ângulo de saída do conector para o condutor de derivação, que facilita a instalação.

BASTÃO DE MANOBRA

Possui um mecanismo que consiste de um gancho articulável e retrátil em sua extremidade, operável por uma manopla regulável em sua região de empunhadura em três posições básicas de trabalho através de uma cremalheira e duas travas de segurança, algo que o torna uma ferramenta prática de múltiplas aplicações.

Dentre as várias aplicações destacamos, principalmente, o uso nas instalações e retirada de grampos de linha viva, conjuntos de aterramento temporário, coberturas protetoras de linha viva, instrumentos de medição e outras.

BASTÃO DE MANOBRA

BASTÃO DE MANOBRA - MODELO DOBRÁVEL

A aplicabilidade do bastão de manobra pode ser ainda ampliada com a aquisição do adaptador RM1867.

A capacidade nominal de trabalho (tração) é de 133 daN (293 lb) para todos os modelos.

O colarinho RE403-2543P pode ser utilizado em qualquer modelo de bastão de manobra, especialmente naqueles com maior comprimento, onde exige um esforço muito grande por parte do eletricista para a sua sustentação quando em uso, principalmente, na posição horizontal.

A fixação do colarinho no bastão de manobra é feita através do ajuste das duas metades do anel e apertadas pelos seus parafusos. Esse anel possui um alojamento central para o bastão e para o seu tirante de comando, não interferindo, portanto, no seu mecanismo operacional.

Para manter distância de isolamento segura nos trabalhos em instalações energizadas, deve-se usar em série com a corda e um bastão de tração com torniquete, com comprimento isolante apropriado.

ACESSÓRIO

EXTENSÃO PARA BASTÃO DE MANOBRA

As extensões são facilmente adaptáveis ao cabeçote de qualquer modelo de bastão de manobra RITZGLAS® e tem como finalidade ampliar o seu comprimento sem prejudicar o seu desempenho.

EXTENSÃO PARA BASTÃO DE MANOBRA

BASTÃO PRENDEDOR DE CONDUTOR

É utilizado nos trabalhos em instalações energizadas pelo método à distância para segurar e posicionar cabos e jumpers condutores (principalmente durante as operações de seccionamento), bem como para fazer e desfazer a amarração de condutor em isolador de pino.

A alavanca existente na parte inferior do bastão é responsável pelo travamento do condutor no mordente. Através da porca estriada é possível pré-ajustar a abertura do mordente do cabeçote superior de acordo com a bitola do condutor. Já os dois parafusos com cabeça recartilhada são destinados ao travamento da alavanca após fixação no condutor.

O cabeçote do bastão prendedor de condutor pode ser pré-ajustado em três posições (à esquerda, ao centro e à direita), permitindo ao eletricista manobrar o condutor em ângulos favoráveis de trabalho. Sua abertura permite o manuseio de cabos de cobre sólido 6 AWG (Ø 4 mm) e até de cabo de alumínio 1590 MCM CAA (Ø 38 mm).

BASTÃO PRENDEDOR DE CONDUTOR

banner_rodape.jpg
CONTEÚDO

D'ASSIS COMÉRCIO DE MATERIAIS ISOLANTES LTDA ME © Todos os direitos reservados. 2018